Antônia Célia

Obras da artista

ANTÔNIA CÉLIA

FORMAÇÃO PROFISSIONAL: Curso de Desenho e Pintura Ateliê e Oficina de
artes: Aluízio Sant’Ana / Marlene Godoy / Lourenço de Bem / Sérgio Rizo –
Curso Superior em História.
EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS:
2018
– Tanto Faz se For Mentira ou Verdade – Restaurante Rubayat – Brasília, DF
2018
– Tons Marcantes – JAM Itaim – São Paulo, SP
2014
– Contrastes – Memorial do TJDFT – Espaço Desembargadora Lila Pimenta Duarte
2014
– Contrastes – Espaço Cultural do TRF 1ª Região
2007
– Transgredir – Mezanino da sala Villa–Lobos Teatro Nacional
2005
– Pinturas 2005 – Iate clube de Brasília – Brasília, DF
2002
– “A CIDADE E O SONHO” – Espaço Cultural 508 Sul – Brasília/Brasil
2001
– Cores que Estão na Alma” – Espaço de Arte – Tribunal Regional do Trabalho
1995
– Banco Nacional 504 Norte – Brasília/Brasil
1994
– Espaço Cultural do Serpro – SGAN Quadra 601 – Brasília/Brasil
– 1993 – CEF, Itamarati – Brasília /Brasil
EXPOSIÇÕES COLETIVAS:
2017
– Menção Honrosa na categoria Pintura – Exposição Olhar 2017– ALESP – São Paulo, SP
2017
– I Congresso Nacional de Artes Visuais – Hotel Tryp Meliá – São Paulo, SP
2017
– Exibição Brazil in Focus – “the Embassy of Brazil in London” – Londres/Inglaterra
2017
– Artes Internacional – Palácio da Independência – Lisboa/Portugal
2017
– SINAP 80 Anos – Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo – São Paulo, SP
2014
– Inverno Cia Arte Cultura 2014 – Galeria Espaço Paulista de Arte – São Paulo, SP
2014
– IV Salão Internacional de Artes Plásticas SINAP/AIAP 2014 – Esporte Clube Pinheiros – São
Paulo, SP
2010
– Anuário Consulte – Edifício Villa-Lobos – São Paulo/SP
2010
– Conexões – Galeria de Artes Kunst – Petrópolis/RJ
2009
– Salão de Artes – Prêmio MAIMERI (selecionada) – São Paulo/SP
2008
– Salão de Arte da SINAPESP (selecionada) – São Paulo/SP
– Circuito Internacional de Arte Brasileira – Galeria Elektor – Varsovia – Polônia
– Circuito Internacional de Arte Brasileira – Hugendubel Bücher – Frankfurt – Alemanha
– Circuito Internacional de Arte Brasileira – Palais Schlick (Europasaal) – Vienna – Áustria
2007
– Casa Cor Brasília 2007
– O Circulo – Museu Nacional do conjunto Cultural da República
2006
– Casa Cor Brasília – Brasília/DF
2005
– Cores do Carnaval – Foyer do Teatro Nacional – Secretaria de Estado de Cultura – Brasília,
DF
– VI Exposição anual dos artistas plásticos de Brasília- Museu de Arte de Brasília -MAB
2004
– V Exposição Anual – Artistas Associados – Galeria Athos Bulcão – Brasília/Brasil
2003
– Olhar 43 – Espaço Cultural Gibran Khalil Gibran – Embaixada do Líbano – Brasília, DF
– Mulheres, Pintura e Abstrações – Espaço Cultural Renato Russo – 508 Sul – Brasília, DF
– Mostra Contemporânea – Iate Clube de Brasília – Brasília, DF
2001
– Menção Honrosa – ARTEXPO 2001 – Jacob K. Javits – Convention Center – Nova York,
NY
– 1ª Panorâmica da Arte Brasiliense no S.T.J. – Brasília, DF
2000
– “Mulher – 500 Anos de Luta e Conquistas” – Biblioteca do Senado Federal – Brasília, DF
– Comemoração do dia da Pátria pelo Consulado Geral do Brasil – Frankfurt, Alemanha
– Inauguração Galeria Embaixada do Brasil – Berlim, Alemanha
1999
– MILLENNIUM – Galeria Cândido Portinari – Embaixada do Brasil – Roma, Itália
– MILLENNIUM – Galeria Debret – Paris, França
– MILLENNIUM – Art-Art Galeria – Brasília – DF
– Terra Brasilis –Foyer da Sala Martins Penna – Teatro Nacional de Brasília, DF
– II Salão de Arte Contemporânea – São Paulo – Salão Internacional de Petit Format
1998
– Galeria do Senado Federal – Brasília – DF
– Arte Contemporânea de Brasília – Agência da Vasp, Frankfurt, Alemanha
– Arte Contemporânea de Brasília – Hotel Nacional, Brasília – DF
– “Art Vie”- Galeria de Arte São Paulo – SP
1997
– Arte Contemporânea de Brasília – Galeria Portinari da Fundação Centro de Estudos
Brasileiros, Bueno Aires – Argentina
– Diversidade de Expressão – Galeria Cândido Portinari – Embaixada do Brasil – Roma –
Itália
– Diversidade de Expressão – Espaço Cultural da Embaixada do Brasil em Lisboa, Portugal
– Caellum Art Galery (Soho) – Arte Contemporânea de Brasília – New York – USA
– Selecionada pelo Salão Bunkyio – Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa – São Paulo
– Prêmio Maimeri 75 anos”- Centro Cultural Liceu de Artes e Ofícios – São Paulo, SP
– Exposição “Imaginarium” – Palácio Itamaraty – Brasília, DF
– “Imaginarium” – Galeria Debret. – Paris, França
– “Imaginarium” – Setor Cultural da Embaixada do Brasil em Madri, Espanha
– Exposição do Clube Internacional de Brasília – Visual Galeria de Arte
1996
– Palazzo degli Affari – “Vitrina degli Artisti Contemporanei” – Terza Edizione – Florença-Itália
– Selecionada para 25º Salão Bunkyio –São Paulo, SP
“Antônia Célia é uma pintora abstrata de sutileza e elegância. Trabalhando com uma
paleta que tende para os tons marrons e laranja, ela constrói uma trama de pintura na
qual simultaneamente envolve profundidade e leveza no plano da pintura”. (Nicholas
Bergman, New York, USA, 1997)
“A abstração de Antônia Célia possui a rara qualidade de ser harmônica na composição
e expressiva no gesto contido. Há uma musicalidade que subjaz de seu cromatismo,
como se artista estivesse a compor não uma tela, mas uma sinfonia de formas e
cores”. (Alberto Beuttennmüller, São Paulo, 2004)
“Antônia Célia trabalha dentro de uma estrutura que já está corporificada, o que
permite uma liberdade maior de expressão, ampliou sua visão sem se deter nos
detalhes. Essa permissão cria um diálogo sem palavras, expressa na maturidade da
finalização. Abolindo os excessos e se libertando das formas, o resultado das obras
ganham uma nova dimensão, exigindo uma nova arquitetura da composição, mais
ampla, mais urbana e oferecendo ao espectador uma visão do sentir, e não só do
olhar. Ao configurar a experiência, a forma expressa os conteúdos vividos e define o
momento expressivo, em sua estrutura e se concretiza um significado, isso cria uma
renovação que não se esgota e não se repete. A obre interage com o espaço sem ser
dividida, fragmentada, mas criando harmonia”.(Lourenço de Bem, Brasília, 2007)

(Visited 49 times, 1 visits today)